logo

Pedro Soares

Eu sou o Pedro, tenho 21 anos e sou de Brasília. Venho aqui partilhar minha história com o Cavernoma.
11/07/2016 - Após uma semana angustiante com dores de cabeça, náuseas, formigamento no rosto e tonteira, saiu o resultado da minha ressonância confirmando a presença de um Cavernoma no Tronco Cerebral, inacessível para ser retirado.
Eu com 19 anos, havia acabado de sair do Exército e estava estudando para um concurso militar, quando todo esse fato aconteceu. Minha vida girou em 360°, foram muitos questionamentos, dúvidas, preocupação e falta de esperança, fiquei sem chão e de quebra desenvolvi a Síndrome do Pânico.
Hoje, quase 2 anos após a descoberta tenho o orgulho de dizer que não fui vencido pelo o Cavernoma, muito pelo o contrário, virei amigo dele e me tornei mais forte. Aprendi a conviver com tal fato, a idealizar novos sonhos e a seguir minha vida com uma nova visão!

E pra você que descobriu agora, não sabe como lidar, acima de qualquer coisa  tenha fé em Deus, tenha fé na vida.

Deixo meu contato e fico aberto a contato de quem precisar tirar alguma dúvida, saber como lidar, entender melhor essa doença

Email : O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Atenciosamente, Pedro Soares